PISO DE GRANITO PARA IGREJAS
PISO DE GRANITO PARA IGREJAS
PISO DE GRANITO PARA IGREJAS
Conheça aqui as vantagens.

Templos religiosos são construções com características bastante peculiares. Além dos aspectos funcionais, questões como identidade, acolhimento, sensação de paz e beleza, são requisitos sempre necessários a um templo religioso.

Neste sentido, os pisos de granito satisfazem a ambas matizes de exigências: racionais e emocionais. Vamos a elas.

Igrejas são construções feitas para durar, então é natural que se espere o mesmo do piso a ser usado. Granitos são rochas extremamente resistentes (dureza entre 6 e 7 na escala Mohs, abaixo apenas do Topázio, Coríndon e Diamante) e, por isso,  podem permanecer por muitas e muitas décadas em perfeitas condições.

O granito é também um material de fácil manutenção, bastando limpar com pano úmido ou água e sabão em casos de sujeira mais intensa. Além disso, qualquer granito aceita repolimento quase que infinitamente.

Já no que se refere às exigências mais subjetivas, o granito apresenta também inúmeros atrativos. Há no mercado atualmente centenas de tipos de granitos, com as mais diversas padronagens e cores. Assim, dimensões, composições, faixas, e inclusive desenhos podem ser projetados para valorizar um templo e criar a atmosfera necessária para um ambiente de paz, acolhimento e segurança. Granitos ainda evocam antigos templos da antiguidade, que sempre usaram rochas naturais, não só nos pisos como também em revestimentos e altares.

Não resta dúvida, portanto, que granitos são o material ideal para pisos de igrejas, conferindo a elas beleza, durabilidade e a melhor relação custo x benefício.